Manaus, 26/09/2023

Brasil

Tráfico pode ter esquartejado jovem e jogado corpo no lixo

Tráfico pode ter esquartejado jovem e jogado corpo no lixo
13/09/2023 10h15

Uma das linhas de investigação da Polícia Civil do Rio de Janeiro sobre a morte da jovem Júlia Vieira Ribeiro, de 24 anos, é que ela teria sido assassinada por traficantes. O corpo de Júlia foi achado no último domingo (10), em latões de lixo da Comlurb, empresa de limpeza urbana do Rio de Janeiro.

De acordo com o portal Extra, a corporação informou que essa linha de investigação decorre da brutalidade na prática do crime, já que Júlia foi decapitada e esquartejada. Segundo policiais, atos de decapitação e desmembramento são, geralmente, práticas ligadas a facções. No caso de Júlia, a cabeça, o braço direito e a perna direita de Júlia não estavam junto ao corpo.

Júlia estava desaparecida desde o último dia 3 de setembro e o corpo dela foi encontrado após agentes da Polícia Militar serem acionados para a Rua Conselheiro Galvão, em Turiaçu, na Zona Norte do Rio. No local, os PMs encontraram o corpo e acionaram a Polícia Civil.

A Secretaria de Estado de Polícia Civil, por sua vez, informou ao site Metrópoles que a Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) foi acionada e instaurou inquérito para apurar as circunstâncias da morte de Júlia.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.