Manaus, 06/10/2022

Brasil

Vale é multada em US$ 17 milhões por desastre na barragem de Brumadinho

Vale é multada em US$ 17 milhões por desastre na barragem de Brumadinho
15/08/2022 12h30

A mineradora brasileira Vale SA (VALE3.SA) foi multada depois que a controladoria geral do país decidiu que a empresa não apresentou informações confiáveis ​​sobre as condições de sua barragem de rejeitos de Brumadinho antes de um desastre de 2019, disse a empresa na segunda-feira.

A controladoria geral, um ramo do governo federal do Brasil, estabeleceu a multa em cerca de 86,3 milhões de reais (US$ 16,8 milhões), disse a empresa em um documento de valores mobiliários.

A gigante da mineração disse que não concorda com a decisão e vai recorrer nos próximos 10 dias.

A Vale disse que o governo considerou que a empresa emitiu erroneamente uma Declaração de Condição de Estabilidade positiva – um documento que certifica a segurança de uma barragem – para a barragem de rejeitos de Brumadinho de junho a setembro de 2018.

O rompimento da barragem da mina do Córrego do Feijão, da Vale, em janeiro de 2019, deixou 270 mortos e devastou florestas, rios e comunidades próximas.

A Vale disse que a multa foi fixada na linha de base mínima estabelecida pela legislação brasileira e não reconheceu o envolvimento da alta administração da empresa.

A última multa representa apenas uma fração dos 27 bilhões de reais que a Vale gastou até agora em compensação e eliminação de barragens de rejeitos a montante. 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.