Manaus, 23/04/2021

Cidade

Volta às aulas presenciais para estudantes de saúde

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
08/04/2021 15h31

Cerca de 3 mil estudantes dos cursos de saúde do Centro de Ensino Literatus voltaram às aulas presenciais nesta semana, por conta da flexibilização do Governo do Amazonas. Seguindo as medidas de segurança sanitária, como distanciamento social e protocolos de higiene, a instituição aposta em estratégias para realização de atividades práticas essenciais para a formação profissional.

“Em meio ao enfrentamento da pandemia do Covid-19, o trabalho dos profissionais de saúde ficou ainda mais em evidência e deixou claro que existe a necessidade de uma quantidade maior de mão de obra no mercado. Nosso objetivo é capacitar e formar cada vez mais técnicos na área para que possam ingressar no trabalho o quanto antes”, salientou a mantenedora do Literatus, Elaine Saldanha.

Para isso, a instituição ganhou um reforço de peso. A diretora de ensino do Literatus, Sarah Lima, explica que a equipe pedagógica da instituição organizou todo o conteúdo das aulas de forma que cumprissem com a carga horária obrigatória dos cursos levando em conta também que a formação profissional precisa ser integral e significativa. “Então, nas aulas remotas, focamos na parte teórica e nesse retorno eles repõem a parte prática não estudada, tudo para não afetar a conclusão do curso do aluno”, disse.

Na primeira onda da pandemia, a gestora lembra do quanto foi desafiadora a adaptação dos alunos ao conteúdo online, mas através do investimento realizado na formação de professores e na reestruturação de uma equipe voltada para o acompanhamento, foi possível mudar o aproveitamento dos estudantes durante as aulas remotas.

“Tivemos melhorias significativas e com isso o rendimento dos discentes foi bem positivo. Eles participam ativamente, a plataforma está bem rica de conteúdos e isso contribui para que se tornem protagonistas do seu processo de aprendizagem”, comenta a diretora de ensino do Literatus.

Demanda em alta

Ao longo do ano passado, o Centro de Ensino Literatus notou o aumento de 22% nas matrículas, sendo 13% apenas para o curso Técnico em Enfermagem, profissional que atua na linha de frente no atendimento a pacientes com o vírus. Técnico em Radiologia e Técnico em Análises Clínicas também estão entre as formações oferecidas na instituição.

O baixo custo e o conhecimento mais prático sobre determinada área também foram fatores decisivos para o aumento na procura dos cursos. Outro diferencial é que esse tipo de formação pode ser feita antes mesmo de o jovem completar os estudos. Em geral, um aluno no segundo ano do ensino médio já pode cursar sem problemas e ainda tem a chance de se formar já empregado.