Manaus, 29/11/2022

Esportes

Wilson Lima lança ‘Copa na Arena’ e anuncia estratégia para estimular a vacinação contra a Covid-19

Wilson Lima lança ‘Copa na Arena’ e anuncia estratégia para estimular a vacinação contra a Covid-19
19/11/2022 11h40

O Governador Wilson Lima anunciou, nesta sexta-feira (18/11), o projeto ‘Copa na Arena’, voltado para os amazonenses apaixonados por futebol, que poderão acompanhar, gratuitamente, na Arena da Amazônia, todos os jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo do Catar. A ação também vai estimular a solidariedade, com a doação de alimentos e brinquedos, e a vacinação contra a Covid-19, com a montagem de um posto com as quatro doses da vacina disponíveis.

 

“A expectativa é de que a gente receba aqui, pelo menos, 15 mil pessoas em cada partida da seleção brasileira. Estamos montando 10 pontos de vacinação e a gente espera que a maior quantidade possível de pessoas possa vir aqui. O importante é atualizar seu cartão vacinal”, ressaltou o governador Wilson Lima.

 

Em uma estrutura de mais de 16 metros de altura, com um telão de 10 metros de largura e 4 metros de altura, o evento terá acesso gratuito, mas o torcedor também pode levar um quilo de alimento não perecível ou um brinquedo, que será entregue para crianças em situação de vulnerabilidade social, como parte da campanha de arrecadação do “O Mundo Encantado do Natal”.

 

O espaço começa a funcionar no dia 24 de novembro, dia em que a seleção brasileira vai estrear na Copa do Catar, com portões abertos duas horas antes do jogo começar. A segunda partida da primeira fase acontece dia 28 de novembro, e a terceira no dia 2 de dezembro. Passando a fase de grupos, as oitavas de final estão previstas para o dia 5 de dezembro.

 

Durante o anúncio do governador na Arena, estiveram presentes 500 participantes do Projeto Esporte e Lazer na Capital e Interior (Pelci), lançado pelo governador Wilson Lima, em 2021, para oportunizar o acesso às práticas esportivas a crianças e adolescentes do Amazonas.

 

“Eu acho incrível poder abrir o estádio para as pessoas assistirem a Copa, porque foi um estádio que sediou a Copa do Mundo em 2014. E, também, porque existem muitas pessoas no nosso país que por mais que não pratiquem, amam assistir o futebol”, disse Grazielly Moraes, 16, que está no Pelci desde o início do projeto, que iniciou em agosto de 2021, praticando handebol e vôlei.

 

Além de assistir aos jogos no estádio que foi palco da Copa do Mundo de 2014, o público poderá aproveitar shows de atrações musicais, além de praça de alimentação e espaço kids. Outro ponto importante será a montagem de um posto de vacinação para quem estiver com o esquema vacinal contra a Covid-19 atrasado, atualizando assim o cartão vacinal dos torcedores.

 

“Esse projeto é até inédito no país. É a única Arena que está abrindo para transmitir os jogos da seleção brasileira e isso vai dar uma grande valorização para os amazonenses. E estamos trabalhando com a parceria de vários órgãos estaduais, incluindo a Saúde, com a vacinação”, informou o diretor-presidente da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar), Jorge Elias.

 

Turismo

 

O evento também vai deixar um legado após o mundial de futebol, ao colocar a Arena da Amazônia no roteiro turístico do estado. Após o fim da competição, a Arena estará aberta para visitação, assim como já acontece em outros estádios e arenas esportivas no Brasil e exterior. O projeto “Arena de Portas Abertas” será realizado pela Faar, em parceria com a Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur).

 

O Governo do Amazonas vai aproveitar a temporada de cruzeiros para viabilizar o espaço esportivo como um roteiro turístico consistente, com acessibilidade e que mostre os detalhes do estádio de uma maneira didática e descontraída para todo o público.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.