Manaus, 10/08/2022

Política

WILSON LIMA VISITA FÁBRICA NO DISTRITO INDUSTRIAL

WILSON LIMA VISITA FÁBRICA NO DISTRITO INDUSTRIAL
02/10/2018 20h30

Na reta final do primeiro turno da campanha, o candidato ao governo do Amazonas Wilson Lima (PSC), da coligação “Transformação por um Novo Amazonas”, e o vice, o defensor Carlos Almeida (PRTB), visitaram nesta terça-feira (02) a fábrica da Yamaha, no Distrito Industrial, em Manaus, e movimentaram o almoço de centenas de trabalhadores no início da tarde desta terça-feira (2).

Recebidos com entusiasmo e um turbilhão de selfies, os candidatos dialogaram diretamente com os trabalhadores e trabalhadoras. Receberam apoio e confiança dos presentes no refeitório. O auxiliar de almoxarife Márcio Costa, 30, foi enfático para apontar o voto no 20. “Vou votar nele. É o único candidato ficha-limpa. Tem proposta. Não tem outro não”, disse com convicção.

A planta da Yamaha, a única unidade da multinacional no Brasil, já teve cerca de quatro mil funcionários. A crise a fez reduzir o quadro pela metade. Em seu plano de governo, Wilson Lima assume o compromisso de fortalecer o Polo Industrial de Manaus, buscando, inclusive, a expansão para a Região Metropolitana, afim de garantir e ampliar a empregabilidade de milhares de pais e mães de famílias amazonenses.

“Uma das pautas fundamentais do nosso plano de governo é a questão do emprego. Nosso compromisso com a Zona Franca é de lutar pelo fortalecimento e ampliação do modelo para a região metropolitana, afim de criar oportunidades e fortalecer a economia nas cidades próximas à Manaus”, afirmou.

“Iremos implementar o Programa Estadual para de Desenvolvimento de Novas Matrizes Econômicas no setor primário, agroindústria, biotecnologia, turismo, economia digital”, ressaltou o candidato. “O Amazonas precisa sair do atraso e nós nunca estivemos tão perto de virar essa página da história”, conclui o candidato do PSC.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.