]

Manaus, 30/11/2021

Política

Amazonino, Ricardo Nicolau e Eduardo Braga Lideram Corrida Eleitoral

Amazonino, Ricardo Nicolau e Eduardo Braga Lideram Corrida Eleitoral
25/11/2021 10h36

É inacreditável como pela primeira vez na história um governador usa a máquina do estado para se reeleger e não consegue decolar de jeito nenhum. Wilson Lima (PSC), em todas as pesquisas realizadas por institutos sérios, amarga a quarta colocação e lidera a rejeição que beira os 80%. O governador do Amazonas, acusado de chefiar quadrilha que desviou recursos federais destinados ao tratamento do COVID-19, vem tentando várias estratégias sem sucesso! Anunciou o aumento ” histórico” para os servidores públicos, dias depois foi desmascarado, pois, o aumento dado está abaixo da inflação e não repõem perdas salariais, sobretudo de funcionários da saúde e das policias. Lançou um auxílio de 150 reais, que não ajuda em absolutamente em nada, o estado tem recursos para dar bolsa de 500 reais, mas, sabe como é, tem que ter dinheiro para a campanha. Anunciou “passe livre” para os estudantes, e agora resolveu “doar” carteira de motorista para quem provar renda de até dois salários mínimos. A pergunta é: Por quê o estado não deu esse benefícios no pior momento econômico que vivemos? Em 2020, Wilson Lima resolveu nos trancar em casa e nos deixar morrendo com fome, sem dinheiro e, nos endividando. Agora, as vésperas da eleição vem pagar de “salvador da pátria”. Como diz o CABOCLO, TU É LESO É? Enquanto Wilson Lima naufraga, Amazonino dispara mas, tem assistido Ricardo Nicolau e Eduardo Braga crescerem na disputa, se a eleição fosse hoje, arrisco em dizer que Amazonino disputaria o governo com Ricardo Nicolau. Só duas coisas tiram Amazonino do páreo, saúde e dinheiro, ele precisa dos dois para chegar com fôlego.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.