Manaus, 20/06/2021

Mundo

Apple paga milhões à mulher com imagens íntimas vazadas

Apple paga milhões à mulher com imagens íntimas vazadas
08/06/2021 21h10

A Apple pagou uma quantia milionária a uma mulher que teve suas fotos íntimas expostas em uma rede social, após ter deixado seu aparelho iPhone para conserto em uma loja. O incidente ocorreu na Califórnia (EUA), em 2016, mas o acordo foi concluído apenas agora.

Uma estudante, na época com 21 anos, levou seu aparelho para reparo a uma unidade contratada da marca, no estado do Oeste dos EUA. No entanto, os técnicos postaram no Facebook cerca de dez fotos de nudez e um vídeo de sexo da jovem. A vítima, que só tomou conhecimento após ser avisada por amigos, disse que o episódio lhe causou “grave sofrimento emocional”.

Desde então, teve início uma batalha judicial entre a mulher e a gigante marca da maçã.

– Quando soubemos desse flagrante de violação de nossas políticas em um de nossos fornecedores em 2016, tomamos medidas imediatas e, desde então, continuamos a fortalecer nossos protocolos de fornecedores – disse a Apple ao jornal The Telegraph.

A marca recomenda que todas as senhas sejam removidas do iPhone para facilitar o reparo. Uma restauração de fábrica também é recomendada, para evitar acesso de terceiros a informações pessoais do proprietário.

O valor exato do acordo não foi divulgado, mas a imprensa internacional especula algo em torno de US$ 5 milhões (mais de R$ 25 milhões).