Manaus, 02/02/2023

Cultura e Entretenimento

Banda do Gigante comemora 21 anos e promove concurso de marchinhas e rainhas, em Manaus

Banda do Gigante comemora 21 anos e promove concurso de marchinhas e rainhas, em Manaus
25/01/2023 15h30

Comemorando 21 anos, a Banda do Gigante promoverá o 3° concurso de marchinhas carnavalescas e rainhas, em Manaus. O evento acontece sábado (28), às 12h, no Espaço Rosarinho, Rua Rosarinho, n° 59, São José I. A ideia é resgatar a tradição dos antigos carnavais, valorizando a música e os talentos regionais.

Segundo o realizador da festa, deputado estadual Sinésio Campos (PT), este é um momento de celebrar o ano com uma grande folia que reúne, entre muitos elementos, alegria e tradição, como o carnaval. “São 21 anos de história e queremos valorizar e preservar essa que é uma das nossas maiores manifestações culturais”.

Este ano, o tema será “Paz e amor, a Banda do Gigante é a melhor sim senhor”. Os interessados em participar do concurso musical devem compor uma marchinha ou samba enredo inédito e enviar cinco cópias da composição com o nome do autor, letra da composição em PDF, gravação em áudio da música e telefone.

Cada participante dessa categoria poderá inscrever apenas uma composição. A premiação para o primeiro lugar será de R$ 1.500, o segundo receberá R$ 1.000 e o terceiro levará R$ 500.

Concurso de Rainhas
O concurso de rainhas ocorrerá no mesmo dia, hora e local, tendo três categorias: adulta com premiação de R$ 500, mirim com R$ 300 e gay também com prêmio no valor de R$ 300.

Inscrições
As inscrições tanto para as marchinhas e samba enredo, quanto para as rainhas carnavalescas, seguem até o dia 27 deste mês, no Espaço Rosarinho, Rua Rosarinho, n° 59, São José I, no horário de 8h30 às 12h. Os interessados devem levar documentação com foto.

Outras informações por meio dos telefones (92) 99196-8027 (Ana), (92) 98129-0653 (Elis).

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.