Cidade

Bombeiros militares reforçam atendimento no Hospital Universitário Getúlio Vargas

Bombeiros militares reforçam atendimento no Hospital Universitário Getúlio Vargas

Ao menos 120 bombeiros militares do quadro de saúde do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) reforçam o atendimento da enfermaria do 6º andar do Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV). Os militares atuarão no enfrentamento da Covid-19, a partir desta quarta-feira (13/01) conforme as ações programadas pelo Comitê de Resposta Rápida.

Dentre os bombeiros realocados, concorrerão em escalas 24 oficiais médicos, 36 oficiais enfermeiros e 60 sargentos técnicos de enfermagem, permitindo a abertura de mais 20 leitos, conforme explica o diretor de Saúde do CBMAM, major BM Janderson Lopes.

“Nossos militares foram realocados dos serviços de triagem da tenda do Hospital 28 de Agosto, da Policlínica Gilberto Mestrinho e do atendimento de resgate da Corporação. A situação atual demanda todo nosso esforço. Continuaremos a atuar em conjunto com a SES (Secretaria de Estado de Saúde) e o Ministério da Saúde para abrirmos emergencialmente esses 20 leitos e ampliarmos a possibilidade de salvar mais vidas”, informou.

Ainda de acordo com Lopes, os militares do quadro de saúde estarão disponibilizados pelo período em que se fizer necessária a manutenção desses leitos.

HUGV – O subcomandante do CBMAM, coronel BM Elenildo Farias, responsável pela disponibilização do efetivo do CBMAM, esteve à frente da apresentação dos militares junto ao secretário nacional de Atenção Especializada do Ministério da Saúde, coronel EB Franco Duarte.

Para o atendimento de hoje (13/01), a primeira equipe escalada já se apresentou para início das atividades, realizando visita técnica para conhecimento das dependências, verificação de equipamentos e demais insumos necessários para a ativação dos leitos.