Manaus, 20/08/2022

Cidade

BOSCO SARAIVA REÚNE COM EMPRESÁRIOS NA CDL MANAUS

BOSCO SARAIVA REÚNE COM EMPRESÁRIOS NA CDL MANAUS
21/09/2018 19h27

O vice-governador e candidato a Deputado Federal, Bosco Saraiva (Solidariedade) participou nesta sexta-feira (21), de um almoço na Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL Manaus), no qual pode apresentar suas propostas aos empresários do comércio na capital. O presidente da CDL Manaus, Ralph Assayag, abriu a reunião elogiando a atuação do vice-governador e, dos projetos desenvolvidos à frente da Secretaria de Segurança Pública (SSP), quando secretário.

Bosco Saraiva agradeceu o convite da entidade e disse se sentir feliz em mais uma vez estar com os empresários lojistas da capital. “Me sinto feliz em poder estar no centro dessa mesa pra proferir algumas poucas e simples palavras, mas são palavras de extrema preocupação”, afirmou.

“Eu quero informar a todos que eu já ‘beiro’ os 60 anos de idade e me lembrava a pouco, que aos 12 anos mais ou menos, eu estava pelo SPC levando fichas para aprovação de crédito na Rui Barbosa, de lá pra cá a coisa avançou, isso pra mim é uma alegria muito grande de ter percorrido todo esse chão até chegar aqui, hoje, na condição de vice-governador do Estado do Amazonas – para se concluir um mandato desastroso para nosso Estado que se regrediu muito-. Nós iremos no dia 7 iniciar um processo daquela que eu presumo ser a eleição mais difícil dos últimos 30 anos, dividindo o caminho da direita do liberalismo (o caminho do bem), ou pegar a esquerda de vez e nos abraçarmos com a Venezuela”, explicou Saraiva.

Para o vice-governador, a mudança e a luta começará com a posse do candidato à presidência Bolsonaro (PSL), “mas ela vai ser dura e vai demorar décadas para que a gente possa reverter a mentalidade comunista implantada no nosso país, não será uma luta fácil”, salientou.

Por ocasião de ter sido eleito como vice-governador, Saraiva disse que aceitou o desafio de Amazonino de ficar à frente da Secretaria de Segurança para lutar pelo direito da população de ir e vir com tranquilamente. “Fiz com prazer, com denoto e de forma muito simples, vim à CDL, na pessoa do presidente Ralph, pedir ajuda para que nós tivemos em uma semana, alguns drones para que a PC pudesse implantar esse sistema no Centro próximo de dezembro, afim de fazermos a segurança do comércio e implantar sistemas que até hoje são utilizados pela polícia”, disse.

O primeiro apelo feito por Saraiva durante a reunião, foi a questão da Presidência da República. “Independentemente de quem vocês irão votar a níveis proporcionais, a atenção à Presidência é fundamental neste momento. O Jair Bolsonaro pode não ser o ideal para o Brasil, mas é o necessário no momento”, afirmou, arrancando aplausos dos empresários.

“Espero que muito em breve podemos optar por candidaturas um pouco mais avançadas no sentido de empreendedorismo como a do Amoedo, mas o Brasil não está preparado pra isso. Nós devemos dar o primeiro passo, e o primeiro passo é de coragem para enfrentar essas ideias que foram disseminadas”, disse.

Segundo o candidato, da parte dele, a maior proposta que pode expor, é trabalhar efetivamente para angariar recursos para segurança pública, “para que a gente possa cuidar das nossas fronteiras, estancar a entrada de armas e drogas na cabeceira dos rios. Pra isso, precisa de muito dinheiro. Além de equipar nossos policiais, com lanchas, aviões, treinamentos modernos, armas de longo alcance e patrulhar os nos nossos rios. Infelizmente, hoje, o nosso Estado não tem condições de fazer isso sozinho se nós não formos angariar recursos em Brasília”, concluiu.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.