Manaus, 20/06/2021

Geral

Coletivo Allegriah realiza apresentação teatral no município do Careiro da Várzea

Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação.
07/05/2021 11h00

Os Contadores de Era uma vez é um dos projetos do Allegriah Grupo de Arte e Cultura que busca instigar a leitura e a imaginação dos envolvidos em suas narrativas. O projeto nasceu no ano de 2015 com apresentações em escolas públicas do bairro da compensa, em abrigos como o abrigo “O Coração do Pai” e Casa Vhida. Em 2017 fez parte da programação da Virada Sustentável e do programa Teatrinho Infantil da TV Maskate, deste último trabalho resultou a produção de um DVD Infantil com oito episódios inéditos educativos.

Atuante no bairro da Compensa, Parque das Tribos em Manaus, adentrando agora nos interiores do Amazonas e essa nova jornada o coletivo levará o espetáculo inédito “Os Contadores de Era Uma Vez em: O mistério da Árvore Mãe” em três comunidades do Município do Careiro da Várzea, assim sendo, iniciando com uma intervenção artística no dia 10 de maio às 13h na Comunidade Costa da Terra Nova e no mesmo dia às 14h com apresentação na comunidade São Francisco. No dia 11 de maio às 14h na Comunidade Sagrado Coração de Jesus (Km12) será realizada a oficina de Confecção de Fantoches com materiais reutilizáveis ministrada por Jackeline Monteiro e Vitor Lima. No dia 12 de maio, às 8h na mesma comunidade, haverá a oficina de Oficina de Manipulação de Fantoches e Contação de História também ministrada por Jackeline Monteiro e Vitor Lima. E para encerrar, na mesma comunidade no dia 13 de maio às 8h vai acontecer a oficina de Oficina de Iniciação a Flauta Doce ministrada pelo músico Jesus Elbitar e às 13h30 a oficina de Oficina Fundamentos para a Percussão Popular e Rudimentar (Marcial – Brandas e Fanfarras) ministrada pelo percussionista Stivisson Menezes.

O grupo de arte e cultura Allegriah é composto por artistas de teatro e música. Contamos com Jackeline Monteiro coordenadora do projeto, produtora do Allegriah, Oficineira e atriz que interpreta Lilly na peça; Vitor Lima coordenador geral do grupo Allegriah, oficineiro, ator que interpreta Tody; Deihvisom cantor e ator que interpreta Tudy; Alice Toledo atriz que interpreta Lolyta, Leandro Lopes ator que interpreta a árvore mãe; Samuel Oliveira dançarino e ator manipulador e Josy Freitas dançarina e atriz que interpreta o mistério. Na sonoplastia contamos com o percussionista e oficineiro Stivisson Menezes, Flautista Oficineiro Jesus Elbitar e o cantor Eduardo QC. Como designer assume Deivisson Souza Melo e como Filmaker/Videomaker temos a participação de Felipe Fernandes.

“O roteiro é meu e de Vitor Lima, uma proposta de conscientização a preservação e cuidado com a fauna e flora. Os textos que compõem a trama são poesias autorais do grupo, a mistura dos contos amazônicos como “A história de Mapinguari”, a obra de Ailton Krenak. “Ideias para adiar o fim do mundo” e a música “Magia da Natureza” do cantor e compositor Eduardo QC”, diz Jackeline Monteiro. Nossa missão é alcançar os interiores, respeitando os protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde, e como medida de segurança para evitar a proliferação do covid-19 será obrigatório o uso de máscara nos locais aonde acontecerão as apresentações e oficinas, com distribuição de álcool em gel e máscara para quem não tiver e uma equipe para orientar os participantes para que mantenham o distanciamento social”, Conclui.

“Meu coração enche de alegria pois voltamos a comunidade do Careiro da Várzea, só que dessa vez financiado pela lei Aldir Blanc. Em 2016 surgiu o projeto “Alegria para o Mundo” que acontecia de forma voluntária, que era custeada pelo próprio grupo, visávamos a formação de expectadores no interior do Amazonas, deixamos sementes de artes por onde passamos, desde a decida ao rio Solimões até as áreas de terra firme do Careiro. Hoje voltar com intervenções artísticas e oficinas formativas é cumprir uma promessa feita a eles, de que a arte sempre resistirá e até nos cantos mais remotos ela acontecerá” afirma Vitor Lima.

“Tentamos de todas as maneiras adaptar as apresentações para o contexto remoto, mas no momento do mapeamento no município, nos deparamos com outra realidade. A comunidade que escolhemos trabalhar é situada em uma zona rural em que até os serviços essenciais é de difícil acesso e a proposta do projeto é alcançar os interiores, logo, não faria sentido realizar as apresentações e oficinas online, porque seriam alcançadas mais as pessoas da metrópole” pontua Vitor Lima.

O projeto conta com o apoio do Programa Cultura Criativa – 2020/Lei Aldir Blanc – Prêmio Encontro das Artes” do Governo Do Estado do Amazonas, com o apoio do Governo Federal – Ministério Do Turismo – Secretaria Especial Da Cultura, Fundo Nacional De Cultura, destinado ao município de Careiro da Várzea-AM.

Serviço:

• Quando: 10/05/2021 às 13h | O que: Intervenção artística | Onde: Costa da Terra Nova
• Quando: 10/05/2021 às 14h | O que: Espetáculo Os Cantadores de Era Uma Vez: O Ministério da árvore Mãe | Onde: Costa da Terra Nova
• Quando: 11/05/2021 às 14h | O que: Oficina de Confecção de Fantoches com materiais reutilizáveis | Onde: Comunidade Sagrado Coração de Jesus – Km12
• Quando: 12/05/2021 às 8h | O que: Oficina de Manipulação de Fantoches e Contação de História | Onde: Associação dos moradores do Sagrado Coração de Jesus
• Quando: 13/05/2021 às 8h | O que: Oficina de Iniciação a Flauta Doce | Onde: Comunidade Sagrado Coração de Jesus – Km12
• Quando: 13/05/2021 às 13h30 | O que: Oficina Fundamentos para a Percussão Popular e Rudimentar (Marcial – Brandas e Fanfarras) | Onde: Comunidade Sagrado Coração de Jesus – Km12
• Quanto: Gratuito para todos os públicos

 

*Com informações da assessoria.