Manaus, 05/12/2022

Brasil

Dentista é assassinado e suspeito corta dedo da vítima para sacar dinheiro

Dentista é assassinado e suspeito corta dedo da vítima para sacar dinheiro
18/09/2022 11h30

O cirurgião dentista Rafael Caranhato, de 25 anos, foi morto e roubado na noite da última quinta-feira (15), em Fraiburgo, no Meio-Oeste de Santa Catarina. A vítima teve o dedo indicativo amputado para que seu dinheiro fosse sacado da conta bancária pelo assassino, que acabou preso na última sexta-feira (16).

Segundo o tenente da Polícia Militar, Marcos Evandro Tarniovicz, Rafael Caranhato não apareceu para trabalhar nessa sexta-feira e seus colegas acharam estranho pois o homem sempre foi pontual.

Assim que acionada, por volta das 10h40, a Polícia Militar esteve no apartamento localizado na área central e entrou no local com a ajuda de um chaveiro.

“Nos deparamos com várias marcas de sangue nas paredes, no chão, no disjuntor e o corpo do dentista sem os sinais vitais, enrolado em um cobertor no chão”, detalhou Tarniovicz. A casa estava toda bagunçada e havia restos de lanches e um refrigerante.

As polícias Civil e Científica conseguiram acesso às imagens de câmeras de monitoramento que mostram Rafael entrando no apartamento acompanhado de outro homem, por volta das 22h40. Entre às 3h30 e 4h00 já de sexta-feira, o mesmo suspeito foi visto nas câmeras retirando do apartamento pertences de Rafael, como playstation, televisão, roupas e outros objetos.

Após trabalho de investigação, um jovem de 22 anos foi preso com o carro de Rafael e os pertences roubados. No veículo, os policiais encontraram ainda R$ 6 mil e o dedo indicador esquerdo da vítima que, segundo o suspeito, foi usado para fazer retiradas de dinheiro em caixas eletrônicos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.