Manaus, 20/08/2022

Destaques

EUA: Google excluirá histórico de visitas a clínicas de aborto

EUA: Google excluirá histórico de visitas a clínicas de aborto
06/07/2022 12h40

Na última sexta-feira (1º), o Google anunciou que seus produtos irão deletar o histórico da localização de pessoas que forem a clínicas de abortou nos Estados Unidos. A decisão da empresa surgiu após a Suprema Corte dos Estados Unidos derrubou, no dia 24 de junho, a regra que liberava o direito ao aborto legal no país. As informações são do Tilt, do UOL.

– Se nossos sistemas identificarem que alguém visitou um desses lugares, iremos deletar esse registro do Histórico de Localização logo após a visita – disse Jen Fitzpatrick, vice-presidente de experiências e sistemas, no blog oficial do Google.

A decisão da companhia, em relação aos históricos deletados, também se aplica a visitas feitas a centros de aconselhamento, abrigos contra violência doméstica e clínicas de fertilização.

– A iniciativa visa responder a crescentes preocupações de que dados coletados por aplicativos, celulares ou outros recursos eletrônicos poderiam ser cooptados por autoridades para investigar e punir pessoas que decidirem realizar um aborto – reportou o Tilt.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.