Manaus, 19/08/2022

Amazonas

FÓRUM DE PARINTINS SEDIA EXPOSIÇÃO “O ETHOS SOCIAL E CULTURAL DA FAMÍLIA PARINTINENSE”


Fórum de Parintins sedia exposição “O Ethos Social e Cultural da Família Parintinense”. Foto: Acervo da Comarca
Fórum de Parintins sedia exposição “O Ethos Social e Cultural da Família Parintinense”. Foto: Acervo da Comarca
14/10/2018 08h30

Foi aberta na última quinta-feira,11, no Fórum de Justiça Fórum de Justiça Raimundo Vidal Pessoa, da Comarca de Parintins (distante 369 quilômetros da capital), a exposição “O Ethos Social e Cultural da Família Parintinense”. A exposição, que conta com obras de 35 artistas locais, ficará aberta ao público por um período de 30 dias e faz parte das comemorações do aniversário de 166 anos do município, celebrado no dia 15 de outubro.

A programação tem a parceria do Coletivo Parintins em Cores e dos artistas plásticos da cidade e visa homenagear Parintins e suas famílias. A exposição foi idealizada pela juíza de direito Larissa Padilha Roriz Penna, que responde pelo Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca. Segundo ela, a exposição tem um tom pessoal, é um resgate cultural e uma forma de prestar homenagem sincera à cidade.


Exposição “O Ethos Social e Cultural da Família Parintinense”. Foto: Acervo da Comarca de Parintins

“É a minha declaração de paixão por essa terra. Mais dos que isto, é meu modo de dizer muito obrigada pela recepção calorosa. Terra de gente garantida e muito caprichosa. Terra de muitos poetas e artistas, do povo criativo, das mulheres bonitas e da boa cozinha. Nos cabe admirar, aplaudir e sermos gratos porque, afinal, somos privilegiados”, disse a magistrada ao escrever a apresentação do evento.

A juíza disse que, com as obras expostas, todas de artistas parintinenses, se busca fortalecer os laços familiares daqueles que visitam a exposição. Larissa diz que espera que as pessoas se reconheçam em imagens que retratam tão bem o cotidiano de alguém que na cidade vive e, assim como ela, tem paixão pela cultura amazonense.

“Nossas raízes, nossos hábitos, manias e modo de viver começam na família. É nela que alimentamos o sentimento de pertencer a um lugar, a uma cultura e a um tempo. É nela que construímos desde os primeiros dias de nossa existência, o ‘ethos’ de uma sociedade, ou seja: o conjunto de costumes fundamentais no âmbito do comportamento, que caracteriza uma determinada coletividade”, disse Larissa Roriz.

Dentre os artistas que vão expor seus trabalhos na exposição estão Lúcio Silva – que não tem as mãos e suas pinturas são feitas com os pés –, Adriano Farias, Josinaldo Matos, Naná Ferreira, Riso Alencar, Suame Alfaia, dentre outros.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.