Manaus, 05/12/2022

Amazonas

Interarte comemora cinco anos e promove maratona de apresentações no Teatro Amazonas

Interarte comemora cinco anos e promove maratona de apresentações no Teatro Amazonas
09/06/2022 16h40

Em comemoração aos seus cinco anos de atividade, a Interarte Produções, Cia. e Escola Teatral promoverá uma maratona de apresentações teatrais no Teatro Amazonas, no dia 22/06. Nesta data, o público poderá conferir, de forma gratuita, três espetáculos idealizados pela companhia.

Intitulado “3x Interarte”, o projeto é um presente para o público manauara. As apresentações iniciam às 17h, com o espetáculo “A Andorinha Sinhá” (censura livre). Em seguida, às 19h se apresenta no palco do Teatro Amazonas a peça “Agreste” (censura 12 anos) e por fim, a obra “O homem é um homem” (censura 12 anos), às 20h.

“3x Interarte é um presente para Manaus em comemoração aos cinco anos de atividades como produtora cultural, companhia e escola de teatro. Para estas comemorações foram escolhidos três espetáculos com linguagens e estilos diferentes para que o público tenha uma experiência artística diversa”, ressaltou Roger Barbosa, ator e diretor da Interarte.

No elenco estão professores, atores renomados, atores formados pela Interarte e atores em formação selecionados em testes realizados internamente. As apresentações têm o clima de celebração.

Andorinha Sinhá

Com censura livre, o espetáculo é uma adaptação de “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”, de Jorge Amado. Roger Barbosa assina a direção e adaptação da obra.

No enredo de “Andorinha Sinhá”, um Gato Malhado tem um temperamento nada bom, onde basta aparecer no parque para que todos fujam às pressas. Sem se importar com os outros, o gato vai tocando sua vida com indiferença, até a chegada de uma certa primavera, quando o Gato nota que a Andorinha Sinhá não tem receio algum dele. Sendo suficiente para que dali nascesse a amizade dos dois, que se aprofunda com o tempo.

A obra traz para cena os atores Adriana Barbosa, Carlos Dugarte, Pedro Henrique, Raphael Frota, Késia Leão, Lia Pinheiro, Fábio Guy Camilo, Claudia Simões, Diego Caranhas, Eloah Scantelbury, Tamirys Andrade, Rafael Viegas, Davi Mendonça, Tábatha Matos, Mel Angeoles e Marcelo Gaeta.

Agreste

De autoria de Newton Morena, Agreste é uma obra adaptada por Clayson Charles, que também assina a direção.  Classificação etária: 12 anos.

Agreste é uma história de amor e drama no coração do Nordeste, manifestando ilusão, preconceito, paixão, fábula e poesia. Narrada no meio da seca, do calor, da fome e do clima árido e é baseada em fatos reais.

“Ele andava muito para encontrá-la. Mas quando se viam, ficavam no mínimo a cinco metros de distância. Sempre. Uma cerca os separava. Esse conto de amor vai além do modelo Lampião e Maria bonita. Qual seria o mistério desse agreste seco?”.

No elenco Alycia Gomes, Breno Moreira, James Bentes, Kliver Gomes, Rafaella Perez, Sebastian Moura e Jones Victor.

 O Homem é um Homem

“Um homem é um homem” é livremente inspirada no original de Bertold Brecht e crítica de maneira mordaz a manipulação do homem comum pelo poder e a ideologia da guerra e narra a transformação do estivador Felix Felizardo numa máquina de guerra. Um alerta sobre o poder da manipulação e os perigos que corre aquele que não sabe dizer “não”.

Os artistas Alessandra Taketomi, Marcos Auzier, Wilson do Carmo, Clayson Charles, Rodrigo Martiveira, Breno Moreira, James Bentes, Débora Rodrigues e Sebastian Moura integram o elenco, que conta com direção e adaptação de Roger Barbosa. Censura: 12 anos.

Programação

22/06 – Projeto 3x Interarte

Local: Teatro Amazonas

Quanto: Gratuito

17h – Andorinha Sinhá (censura livre)

19h – Agreste (censura 12 anos)

20h – Um homem é um homem (censura 12 anos)

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.