Manaus, 12/08/2022

Saúde

Mamas, rinoplastia e lipo: Brasil está entre países que mais fazem cirurgias plásticas

Mamas, rinoplastia e lipo: Brasil está entre países que mais fazem cirurgias plásticas
03/07/2022 13h00

O Brasil voltou a ser o segundo maior em realização de cirurgias plásticas no mundo em 2020, ano dos dados globais mais recentes disponíveis, perdendo só para os Estados Unidos. Nos dois anos anteriores (2018 e 2019), os brasileiros estavam no topo do ranking, segundo dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS, na sigla em inglês).

Cirurgias plásticas no Brasil e nos EUA (2018-2020)

BRASIL ESTADOS UNIDOS

  • 2018 1.498.327 1.492.383
  • 2019 1.493.673 1.351.917
  • 2020 1.306.962 1.485.116
Fonte: International Society of Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS)

Por aqui, o que os pacientes mais procuraram em 2020 foi a lipoaspiração, seguida da prótese mamária. Veja a lista:

  1. Lipoaspiração
  2. Aumento de mama
  3. Cirurgia de pálpebra
  4. Abdominoplastia
  5. Lifting de mama
  6. Rinoplastia

“No Brasil temos um cenário que é centrado na cirurgia corporal. Somos um país tropical, há uma maior exposição do corpo. A procura das pacientes por cirurgias corporais como mama, abdômen, cintura é bem alta”, explica Alexandre Munhoz, cirurgião plástico do Hospital Sírio-Libanês.

Diretor da SBCP alerta para risco de escolher médico por causa das redes sociais

‘Ele retalhou meu nariz’, diz paciente do cirurgião plástico suspeito de prejudicar ao menos 30 pessoas
Paciente fica cega após cirurgia e acusa médico: ‘Tirou minha vida, não só minha visão’
E não são só as mulheres que procuram os centros cirúrgicos. Segundo Munhoz, 25% dos pacientes dele hoje são homens. “Quinze anos atrás esse número não chegava a 5%. Eles estão procurando cirurgia para melhorar a parte estética. Estamos vivendo mais e esses homens estão vendo os sinais de envelhecimento”.

Veja o ranking dos países que mais fizeram procedimentos cirúrgicos em 2020:

  1. Estados Unidos (1.485.116)
  2. Brasil (1.306.962)
  3. Rússia (478.200)
  4. México (456.489)
  5. Alemanha (425.855)
  6. Turquia (360.542)
  7. Argentina (284.320)
  8. Índia (255.528)
  9. Itália (245.400)
  10. Japão (222.642)

Cirurgias de rosto

Curiosamente, segundo o ISAPS, o Brasil ficou em primeiro lugar do ranking de cirurgia feitas no rosto, como rinoplastia e lifting facil. Para os médicos ouvidos pelo g1, a procura por cirurgias na face é reflexo da era das selfies e também das reuniões virtuais, comuns durante a pandemia.

“Essa vontade de estar bem consigo mesmo foi exacerbada com a popularização das selfies. As pessoas começaram a se autoanalisar e a cirurgia do nariz começou a ser mais procurada. O nariz, sozinho, pode embelezar ainda mais o rosto”, acredita o cirurgião plástico Volney Pitombo, que também é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

“Em 2020, tivemos um contingente muito grande de pessoas em lockdown. Mulheres e homens passaram a ter uma exposição muito grande do rosto durante reuniões online, em câmeras que não são ideais, luz que não é ideal. No final de 2020 começou um boom de pacientes procurando por cirurgias de face (pálpebra, nariz, rosto)”, completa Munhoz.

Segundo o levantamento do ISAPS, 87.879 rinoplastias foram feitas no Brasil em 2020. Em segundo lugar vem a Turquia, com 66.950 e, em terceiro, os Estados Unidos, com 55.436.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.