]

Manaus, 27/07/2021

Cidade

Nacer procura famílias para acolhimento temporário de crianças e adolescentes

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
22/07/2021 14h41

O Núcleo de Assistência à Criança e Família em Situação de Risco (Nacer) está promovendo uma campanha especial, em Manaus, para incentivar o cadastro no Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora. A proposta é cadastrar famílias para receberem, em suas casas, crianças e adolescentes com medidas de proteção por diferentes tipos de violência ou violações de direitos.

“Procuramos famílias que participem do projeto e, assim, possam garantir às crianças e adolescentes sob medida protetiva o suporte que precisam neste momento delicado. Um dos pontos de destaque do projeto é que não são famílias adotivas, mas de acolhimento temporário, ou seja, os pequenos deixam a casa da família acolhedora depois de um tempo”, comentou o diretor do Nacer, Cleslley Rodrigues.

Segundo ele, crianças e adolescentes assistidos pela instituição algumas vezes precisam aguardar decisões judiciais, seja para serem reinseridos em sua família de origem ou ganharem uma família adotiva. É quando o projeto Família Acolhedora entra em ação, garantindo um lar à criança, inserindo-a em uma rotina doméstica e afetiva, e também auxiliando o Nacer nesse período.

Para ser uma família cadastrada no projeto, é necessário seguir alguns requisitos, como ter disponibilidade afetiva e consciência do caráter temporário do acolhimento, disponibilidade para realizar breve treinamento no Nacer, idade entre 25 e 55 anos, estar em boas condições de saúde física e mental, não possuir antecedentes criminais, ter situação financeira estável e possuir uma convivência familiar estável, e livre de pessoas dependentes de substâncias entorpecentes.

A assistente social do Nacer, Ruanna Silva, conta que as pessoas que decidem integrar o projeto ajudam em muito a instituição e, principalmente, quem é acolhido. “Famílias Acolhedoras são anjos sem asas, pois eles abrem espaço em seus corações e suas casas. Muitas vezes adaptando as suas rotinas para transformar a vida de crianças e adolescentes, que por algum motivo triste perderam a oportunidade de conviver em família de forma segura e saudável. Acolhem com amor e ajudam a reconstruir os sonhos, proporcionando cuidado e atenção nesse momento delicado”, afirma.

Interessados em fazer parte do “Família Acolhedora” e que se encaixam nos requisitos básicos, devem procurar o Nacer com documentos pessoais (RG e CPF), comprovante de residência, comprovante de rendimentos, certidão negativa de antecedentes criminais, além de atestado de saúde física e mental.

Para conhecer mais sobre o Nacer e seus projetos, basta acessar o site da instituição: www.nacercrianca.org ou entrar em contato pelo telefone (92) 98428-7454.