Manaus, 03/12/2022

Geral

Nota Técnica Conjunta recomenda uso de máscara em população vulnerável e em serviços de saúde no Amazonas

Nota Técnica Conjunta recomenda uso de máscara em população vulnerável e em serviços de saúde no Amazonas
24/03/2022 09h01

Nota técnica conjunta da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) e da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) divulga, nesta quarta-feira (23/03), as recomendações de uso de máscara de proteção respiratória contra a Covid-19 em unidades de saúde e pela população com saúde vulnerável. A nota está disponível em: https://bit.ly/3JwwQDc

Conforme a nota, a recomendação de uso de máscara, dentro do contexto da Covid-19, segue mantida para serviços de saúde onde há maior risco de exposição e presença de pessoas suscetíveis à infecção, como unidades básicas de saúde, clínicas, laboratórios, hospitais públicos ou privados e instituições de longa permanência.

Para a população em geral, o uso da máscara é facultativo tanto em ambientes internos como externos (com exceção dos serviços de saúde).

“Recomendamos que alguns grupos permaneçam usando máscaras. Nós vencemos mais uma fase e vamos continuar vigilantes”, afirma o secretário de Estado de Saúde, Anoar Samad.

A recomendação é o uso de máscara, em especial em ambientes fechados e de longa permanência, para pessoas com doenças imunossupressoras, pessoas com 70 anos ou mais, em especial aqueles que possuem doenças crônicas; além de gestantes com ou sem comorbidades.

A diretora-presidente da FVS-RCP, Tatyana Amorim, aproveita para reforçar que o uso ou não da máscara é uma decisão individual. “A SES-AM e a FVS-RCP mantém de forma rotineira o monitoramento da circulação viral da Covid-19 e o avanço na vacinação contribui para este cenário de baixo risco”, destaca Tatyana.

Recomendações

A recomendação é que, nos serviços de saúde, sejam usadas máscaras com maior potencial de proteção de acordo com as situações de risco em que são usadas a N95 ou PFF2, conforme orientação técnica da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Os profissionais de saúde devem manter o uso correto da máscara.

Na população em geral, encaixam-se na categoria de imunossuprimidos pessoas com imunodeficiência grave, quimioterapia para câncer, transplantados, pessoas vivendo com HIV, uso de corticóides em doses maiores que 20mg/dia de prednisona (ou equivalente) por mais de 14 dias, uso de drogas imunomoduladoras e imunobiológicos, doenças autoimunes em atividade e pacientes em hemodiálise.

Entre as comorbidades de pessoas com mais de 70 anos estão hipertensão arterial e diabetes mellitus não controladas, obesidade, câncer, doença renal crônica, cirrose hepática, doenças pulmonares crônicas, tabagismo, doenças cardiovasculares prévias e doenças hematológicas.

Fase Verde

Dados da Matriz de Avaliação de Risco da Covid-19, produzida pela FVS-RCP, destacam que o Amazonas entrou na Fase Verde, com risco muito baixo de transmissão do novo coronavírus.

A matriz considera seis indicadores, analisados nos últimos 14 dias: previsão de esgotamento de leitos UTI; variação do número de óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG); mortalidade por SRAG; variação do número de casos de SRAG; incidência de casos por SRAG; e taxa de positividade para Covid19.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.