Manaus, 08/12/2022

Educação

Palestras apresentam aquicultura para estudantes do AM

Palestras apresentam aquicultura para estudantes do AM
17/11/2022 14h30

Tecnologia, sustentabilidade e empreendedorismo a partir da ciência visando a integração entre pesquisadores do setor aquícola, estudantes e produtores do setor primário são os assuntos do II Ciclo de Palestras para Difusão da Ciência e Desenvolvimento Regional Através da Aquicultura, que acontece na Universidade Nilton Lins, nesta quinta-feira (17), a partir das 8h30, no auditório Vânia Pimentel e com entrada gratuita.

O evento faz parte da 19ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia/2022, que tem como tema “Bicentenário da Independência: 200 anos de Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil” e além de Manaus, o evento contará com a participação de professores e alunos dos municípios de Presidente Figueiredo, Barcelos e Boa Vista do Ramos e conta com apoio da Fundação de Apoio a pesquisas do Amazonas (Fapeam), entre outras instituições parceiras.

De acordo com a professora e coordenadora do evento, Juliana Tomomi Kojima, as palestras tem como objetivo difundir as ciências básicas relacionadas ao setor para alunos do ensino fundamental, médio e superior, com a divulgação do conhecimento acadêmico-científico e produtos desenvolvidos pelas equipes dos docentes do Programa de Pós-Graduação em Aquicultura-Universidade Nilton Lins em associação ao Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.

“Para a Universidade é de extrema importância promover esta aproximação entre a sociedade e a produção científica de ponta que é realizada neste segmento pelos pesquisados e professores da Nilton Lins, apresentando ações que tem impacto no cotidiano de todos e ainda incentivar a divulgação do conhecimento científico, tecnologia e inovação ligadas ao setor aquícola”, destacou Juliana Kojima.

Municípios
A programação do evento é composta por oito palestras que tem como temas no turno matutino: “Empreendedorismo a partir da ciência: transformando ideias em negócios inovadores”, “Compostagem de resíduos de peixes”, “Produtos das abelhas nativas na alimentação de peixes” e “Ser pesquisador e quais os passos para se tornar um”.

No turno vespertino, a partir das 14h, acontecem as apresentações “Peixes ornamentais e Aquariofilia”, “Origem e evolução dos peixes”, “Curtimento de peles de peixes” e “Sanidade e biossegurança na piscicultura”.

Na sexta-feira (18), será realizada na Nilton Lins, uma exposição aberta ao público sobre os temas apresentados durante a conferência.

Fábrica
A Nilton Lins participou na semana passada da inauguração da Fábrica de Ração Demonstrativa (FRD) para Peixes da Embrapa Amazônia Ocidental, em Manaus. A unidade irá atuar juntamente ao Laboratório de Nutrição de Peixes na transferência de tecnologias por meio de capacitações e suporte às pesquisas voltadas à fabricação de rações, principalmente com produtos regionais.

Atualmente, dois projetos de dissertação do Programa de Pós-Graduação em Aquicultura da universidade, em associação com o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, estão em desenvolvimento em parceria com os pesquisadores da Embrapa Amazônia Ocidental. Os resultados poderão contribuir para minimizar os custos e proporcionar pescado com preço mais competitivo ao final do ciclo de produção, completa a profa. Dra. Cleuciliz Santana, pró-reitora de Pesquisa e pós-graduação da instituição.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.