]

Manaus, 18/01/2022

Polícia

PC-AM prende homem em flagrante por violência doméstica cometida contra a ex-esposa e a filha

PC-AM prende homem em flagrante por violência doméstica cometida contra a ex-esposa e a filha
24/12/2021 10h40

Nesta quinta-feira (23/12), por volta das 10h, a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio das equipes da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM) centro-sul, prendeu em flagrante, um empresário, 47 anos, pelos crimes de violência psicológica, vias de fato, ameaça e perseguição, cometidos no âmbito da violência doméstica contra sua a ex-esposa, uma empresária, 55 anos, e a filha deles, de 21.

De acordo com a delegada Débora Mafra, titular da DECCM centro-sul, as vítimas compareceram à delegacia, nesta manhã, por volta das 9h30, relatando que o infrator foi até a empresa, onde ele tem uma parceria com a ex-esposa, na rua São José, bairro Raiz, zona sul, e começou a discutir com as vítimas, em seguida, partiu para cima delas, desferindo tapas e empurrões.

“Após o crime, elas formalizaram o Boletim de Ocorrência (BO) na unidade especializada. Iniciamos as diligências em busca do homem e o localizamos na empresa onde ele cometeu as agressões, momento em que efetuamos sua prisão, em flagrante”, disse a delegada.

A autoridade policial explicou que o infrator e a mulher foram casados durante 29 anos, mas já estavam separados há sete meses. As vítimas relataram que durante esse período, o empresário as tem perseguido e humilhado com frequência e, inclusive, o motivo do término do casal seria o comportamento abusivo do indivíduo.

Procedimentos

O homem foi autuado pelos crimes de violência psicológica, vias de fato, ameaça e perseguição, combinados com a violência doméstica. Ele será encaminhado a audiência de custódia, após isso, permanecerá à disposição da Justiça.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.