]

Manaus, 19/09/2021

Polícia

Polícia Militar recupera objetos roubados de carro estacionado em supermercado na zona oeste

Polícia Militar recupera objetos roubados de carro estacionado em supermercado na zona oeste
29/05/2021 17h30

Policiais militares da 5ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram acionados, na noite desta sexta-feira (28/05), por volta das 20h, pelo Centro de Comunicações Operacionais Policiais Militares (Cecopom), para averiguar ocorrência em que indivíduos em dois veículos haviam furtado pertences que estavam dentro do carro de um casal, no estacionamento de um supermercado situado na avenida Pedro Teixeira, bairro Dom Pedro I, zona centro-oeste de Manaus.

Segundo as informações recebidas do Cecopom, as vítimas receberam mensagens de alerta da operadora de seus cartões de crédito, indicando que haviam tentado fazer compras em um mercadinho no bairro São Raimundo, zona oeste, utilizando cartões de crédito.

No mercadinho os policiais visualizaram um dos carros utilizados pelos suspeitos, um Ford Ka prata de placa QQS-5C06. Ao perceberem a aproximação policial, os homens saíram por um beco, efetuando disparos com arma de fogo contra a guarnição.

Os PMs solicitaram apoio de mais duas equipes da 5ª Cicom, que passaram a fazer buscas nos becos e vielas da área, conseguindo deter o motorista do veículo de 29 anos, enquanto os outros dois envolvidos, conseguiram escapar.

No interior do veículo foram encontrados os objetos furtados, além de um dispositivo eletrônico popularmente chamado de “chapolim”, utilizado por criminosos para destravar portas e furtar objetos de dentro dos veículos.

O caso foi registrado no 19⁰ Distrito Integrado de Polícia (DIP).

A Polícia Militar orienta a população que, ao tomar conhecimento de ações criminosas, informe imediatamente através do disque-denúncia 181 ou pelo 190.

 

*Com informações da assessoria.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.