]

Manaus, 27/07/2021

Cultura e Entretenimento

Sabrina Parlatore diz que síndrome do pânico voltou após Covid e fala de derrame

Foto: Reprodução/Internet
Foto: Reprodução/Internet
15/07/2021 12h31

Em conversa com a coluna de Patricia Kogut, Sabrina Parlatore contou que até hoje lida com as sequelas da Covid-19. A apresentadora, de 46 anos, descobriu um derrame no coração e tenta se curar de um zumbido no ouvido.

“Os sintomas leves não são tão leves assim. Tem muita gente sem olfato há quase um ano, eu estou com esse zumbido. Pode ser da Covid, do estresse causado pela Covid ou do bruxismo que aumentou por causa da Covid. Enfim, estou investigando porque é bem chatinho. O cansaço ficou por bastante tempo ainda. É um relato bem comum esse também. E o derrame no coração não foi uma sequela grave, não tem nenhuma implicação séria. Fui fazer uns exames e acabei descobrindo. A médica disse que é bem comum em casos de Covid, porque a doença inflama o corpo inteiro. O pior para mim são as sequelas emocionais, o pânico que eu tenho e voltou, a ansiedade e o medo. Uma amiga parou de menstruar e entrou na menopausa por causa desse vírus. Essa doença é coisa braba”, relatou.

Para lidar com os problemas emocionais causados pela Covid e pela pandemia, Sabrina recorre a exercícios físicos e terapias alternativas.

“Além das atividades físicas mais intensas, como pilates, musculação etc, comecei a fazer ioga, que me acalma muito. Recentemente, comecei acupuntura, que é bem legal. Já fiz quiropraxia também. A gente vai tentando de tudo um pouco.”